A IMPORTÂNCIA DE BEBER ÁGUA

  O nosso corpo é composto por 60% de água. Além de contribuir para manter nossa temperatura adequada, ela faz parte da composição do sangue, auxiliando no transporte de nutrientes e de vitaminas pelo corpo.

Nossos rins funcionam como um filtro do nosso sangue, para mantê-los saudáveis, é fundamental uma ingesta adequada de água.

É importante frisar que não se deve esperar sentir sede para beber água, visto que a sede é um mecanismo de defesa do nosso corpo quando desidratado. Ou seja, se sentimos sede, já estamos desidratados e, mesmo quando “matamos a sede”, ainda assim continuamos necessitando de água.

Para os outros órgãos do nosso corpo funcionarem normalmente (coração, pulmão, fígado...) os nossos rins devem estar funcionando de forma adequada. Pode-se considerar o rim como nosso ator coadjuvante com papel principal.

Apesar dos alimentos possuírem uma quantidade de água, é necessário beber, pelo menos, 2 litros de água por dia (volume necessário para uma pessoa de 70 quilos). No caso de pacientes com litíase nos rins (“pedra”) a ingestão de água deve ser de, pelo menos, 3 a 4 litros diários.

Gestantes e puérperas, da mesma forma, necessitam de, no mínimo, 2 litros de água por dia. O mesmo serve para crianças e idosos, que são mais propensos à desidratação. No caso de pacientes que fazem uso de diuréticos, deve-se dar especial atenção á hidratação.

A quantidade mínima de água (sempre maior que 2 litros diários) deve ser aumentada também de acordo com a atividade física e com a temperatura, se perdemos mais água pelo suor, devemos fazer a reposição pela ingestão.

Outro fato que deve ser observado para a saúde de nossos rins é manter uma alimentação adequada. Além da ingestão de água, não se pode descuidar de uma boa alimentação a fim de manter nosso corpo saudável. Deve-se dar preferência a alimentos saudáveis e não industrializados, pois possuem menos sódio e ajudam a diminuir estados edematosos (retenção de líquidos).

A manutenção da saúde, de maneira geral passa pela hidratação do nosso corpo. Pessoas desidratadas podem sentir: hipotensão (“pressão baixa”) , cansaço, boca e mucosas secas, diminuição da urina, pele seca, vias aéreas secas, cefaléia (dor de cabeça)  e, em casos extemos, até levar um quadro de confusão mental e coma.  Assim, beber bastante água em intervalos regulares ao longo do dia fará com que nossos rins e, consequentemente, nosso organismo, trabalhem da maneira adequada. Opte sempre por água pura. Refrigerantes, sucos com conservantes e outras bebidas concentradas possuem alto teor de sódio, portanto não hidratam satisfatoriamente.

Não esqueça: não espere sentir a sede, pois ela é um sinal de alerta. Possua o hábito de carregar uma garrafinha de água sempre.  

MANTENHA A SAÚDE DOS SEUS RINS, BEBA ÁGUA!

  • Facebook
  • Instagram